terça-feira, 17 de agosto de 2010

Só jeitinho *

Ainda há uns instantes vou a entrar em casa e ouço 'crashhhhh'... Palpitou-me logo a mim e aos meus botões que já tinha feito asneira!

E acertei mesmo porque carregadinha com a carteira, o saco de desporto, a garrafa de água, as cartinhas e a toalha de praia, eis que uma das alças se cruzou com a jarra fofinha da entrada e 'crashhhh' :$ 

Aiii que a minha santa mãezinha que vai dar tanto tanto nas orelhas :$ acho que já as sinto vermelhas e ainda nem lhe disse nada...

Agora quero que vocês me contem se já fizeram destas avarias por casa e o resultado com os papás xD

[ e até que era bonitinha a jarrinha ]

15 comentários:

Mysterious Girl disse...

Não foi por casa, mas raspei com o retrovisor do carro da mãe =X o resultado foi a mãe a ralhar, mas passou-lhe porque mal se notava loool

Lia disse...

claro que sim, mas tenho um mano c menos 10 anos e dizia sempre que era ele, tadito.... e a ele davam um desconto! depois eu levava-o a comer um gelado e ficava tudo bem ;)

na america profunda disse...

Oh ja parti umas coisitas sim senhor, mas a sra D. Mae como a tralha e' tanta la por casa nem sentiu a falta ou passado uns tempos dizia "eu tinha ali um treta qualquer nao sei onde e' que a coloquei" ahaha a culpa e' sempre dela coitada
bjinhoss

catherine disse...

Por acaso é muito raro partir alguma coisa. Muito raro mesmo. Tão raro que nem me lembro de alguma coisa que tenha partido. Mas sei que já aconteceu. A minha mão fica assim meio po chateada, mas depois eu digo logo, podias ter sido tu! Podia acontecer a qualquer um! e pronto, resmunga mais uns segundos, mas passa rápido. :p

Jane disse...

Uii imensas!Mas ultimamente tenho feito uma coisa mesmo mázinha.... A minha não custuma em casa á tarde, então eu aproveito para tomar banho imensas vezes, gasto gás mas gás e como ela não vê pensa que é ela... XD Nem ralha!
Beijos J

Eve disse...

Acho que já conheces a famosa saga da panela queimada em que, contra tudo o que pensava, acabou por ficar tudo muito bem! Portanto não te apresses a pensar nas maneiras como a tua mãe te pode matar xD
beijocas*

Create It disse...

Acontece... eheh... a última vez parti uma garrafa de azeite inteirinha....não me disseram nada porque eu é que estava a fzr o jantar... eheh bj**

» sereia, da flor branca e lilás « disse...

EU sempre fiz e cont a fazer asneiras, por isso mais vale não daar ideias, LOL.


E o que dizem os papás? ou as vítimas dos meus desastres?
não digo, só pra não dar dicas a 3ºs, lol


;))))))))))))))))

Rita disse...

Durante alguns anos a minha mãe coleccionou chavenás de café. Pouco tempo depois desistiu porque todos meses, sem querer, eu partia uma. Era mesmo sem querer. Nem eu percebia como e ela ralhava sempre :$

Inês disse...

Tive uma altura que só fazia partir copos, consegui partir três só num dia, como caiam já nem eu sei! A minha mãezinha chegou a um ponto que já nem dizia nada. Tenho um dom especial para deixar cair tudo o que tenho nas mãos, mas depois nem sei como foi, sou um tanto ao quanto para o desastrada. :$ Beijinhos

Ritinha disse...

assim de repente não me lembro de ter partido nada de importante... agora copos e pratos é às toneladas xD

MM disse...

Acho que nunca fiz nada disso!! Pelo menos que me lembro!

Mas esses acidentes vêm mesmo a calhar é quando não gostamos das jarras! ;)

Verónnica ઌ disse...

Eu só me lembro de ter partido uma coisa de loiça que estava pendurada na parede, na casa dos meus avós .. de resto não me lembro :o

Mysterious Girl disse...

Ahhhh! Numa aula de laboratório parti um gobelé e uma proveta no mesmo dia, não sei como. A prof riu-se e disse "Oh filha, é sexta feira, 13". =P

Megan disse...

Ai coitada :x

Eu tenho uma balança de vidro na casa de banho, mas esta já é outra, porque a que tinha lá antes eu parti-a.. ups, mas calma .. não.. não foi enquanto me pesava :p CREDO ' eu ia a sair da casa de banho e não sei como, é que só embarrei uma coisinha de nada na ponta da balança e ela partiu-se em autênticos pedacinhos, eu nem sabia o que fazer.. varri os vidros meti o que restava da balança dentro de um saco.. e esperei que chegassem a casa enquanto me mentalizava do sermão que ia ouvir, por "só fazer asneiras" :p